Pintura com Airless x pintura com compressor

Aprenda quais são as diferenças da pintura com Airless e da pintura com compressor, a seguir:

AIRLESS (1)

Qual técnica é mais eficiente: pintura com Airless ou com compressor?

O que é pintura com Airless

A pintura com Airless é feita com um pulverizador específico de alta pressão. Ele é ligado diretamente na lata de tinta e utiliza uma mangueira de longa distância até o bico ou pistola, responsável por expelir o jato de tinta.

A tinta, então, é transferida para essa mangueira, com uma taxa de transferência próxima a 100%. Ou seja, não há desperdício de tinta e não forma névoa, pois não é utilizado  ar na transferência do material.

pintura com Airless

A pintura com Airless não levanta névoa e tem taxa de transferência de quase 100%

Sendo assim, a pintura com Airless é muito produtiva e econômica e conta com resultados de alta qualidade.

Além disso, outra vantagem da técnica é que seu jato, altamente potente (pressão entre 1.000 e 7.000 libras), sai em formato de um leque uniforme que pode ser ajustado trocando bicos.

A pintura com Airless é indicada para superfícies diversas, como paredes, tetos, portas, telhas, metais (portões, grades), madeiras, entre outros.

É recomendado que o profissional utilize máscara durante a pintura com Airless.

Quer saber mais sobre como funciona a pintura com Airless? Assista o vídeo a seguir:

O que é pintura com compressor

O compressor de ar, entre seus diversos usos, também serve para fazer pinturas. Este equipamento é o mais utilizado por pintores hoje em dia.

Dependendo da potência e tamanho do compressor, sua pressão fica entre 40 e 200 libras.

Ele funciona comprimindo o ar, que “empurra” a tinta do recipiente. Assim, sua taxa de transferência fica aproximadamente em  20%, pois 80% do que sai na pistola é ar.

Além da produtividade ser bastante reduzida quando comparada à pintura com Airless, a pintura com compressor faz mais sujeira, pois o ar faz com que se forme uma “névoa” de tinta, podendo comprometer outras superfícies que não forem devidamente cobertas.

O compressor usado para pintura faz mais névoa, mas também tem um bom resultado

A pintura com compressor também requer equipamentos de segurança, como máscara, luva e óculos de proteção, para que a névoa de tinta não entre nos olhos e na boca.

Confira abaixo uma tabela comparativa com as características de ambos equipamentos:

Na Azevedo Tintas você encontra equipamentos Airless. Adquira o seu!

Deixe um comentário

4 thoughts on “Pintura com Airless x pintura com compressor”

  1. Raphael says:

    Gostaria de saber qual máquina airless suporta intensas pinturas, para uma micro empresa especializada em pintura.

    1. azevedotintas says:

      Olá Raphael! Para escolher a máquina ideal também é preciso saber que tipos de produto serão aplicados, tamanho da sua equipe etc.
      De modo geral podemos indicar os equipamentos da Titan 460e e Graco 390 e 395 para equipes profissionais de tamanho pequeno. Esses equipamentos são indicados para tintas acrílicas, seladores, resinas, fundos e etc.
      Se preferir, entre em contato com nossa equipe técnica pelo telefone (19) 3802-1723.
      Abraço!

  2. Reginaldo silva says:

    Olá boa tarde, sou pintor naval. Trabalho com airless pintando navio, mais com pressão de ar, essa é nova e diferente e funciona com eletricidade. Como essa minha area estar falida, quero montar um negocio de limpeza e pintura de telhado. Qual maquina vcs me indicam?

    1. azevedotintas says:

      Olá Reginaldo! Nossa equipe de vendas entrará em contato para tirar as suas dúvidas. Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *